notícias do leilão

7 de dezembro, 2020

CIRCUITO NELORE ENCERRA ANO COM RECORDE E TERÁ NOVA MODALIDADE PARA 2021

CIRCUITO NELORE ENCERRA ANO COM RECORDE E TERÁ NOVA MODALIDADE PARA 2021

O ano de 2020 mostrou que raça-mãe do rebanho brasileiro tem um teto ainda desconhecido para sua precocidade, conforme ficou constatado pelo Circuito Nelore de Qualidade. Nesta segunda, dia 07, o gerente executivo da Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB), André Locateli, fez um balanço do maior campeonato de carcaças do mundo.

Locateli anunciou quais foram as principais marcas alcançadas pela competição em 2020, que foram conquistadas mesmo em meio aos desafios impostos pela pandemia.  “Graças a Deus e graças a alguns parceiros que nos ajudaram nessa trajetória. Nós finalizamos aqui o campeonato com 33 etapas, um recorde absoluto, um crescimento de mais de 25% em relação ao ano passado, em que já tínhamos crescido mais de 300%. Então são 33 etapas, um recorde no número de participantes também. Foram 229 pecuaristas participantes. E no volume de animais, ficamos na casa de 21.000 cabeças, bem próximo do volume do ano passado. A gente sabe que esse ano foi um pouco conturbado, com uma oferta reduzida, mas felizmente conseguimos atingir os nossos objetivos, superar essas marcas de número de etapas realizadas, de pecuaristas participantes em 11 estados do País”, confirmou o executivo.

“Foi um ano muito positivo, ainda mais dentro dessa situação da pandemia que a gente está enfrentando. Eu acho que foi um ano muito positivo e fica nosso agradecimento, principalmente aos pecuaristas que estiveram conosco e toda a equipe de originação das unidades que participaram conosco. O Friboi foi um grande parceiro, junto com o grupo Matsuda. Encontramos uma forma de fazer essas avaliações de forma remota e cumprimos o nosso papel”, aprovou Locateli.

Desde 1999, já foram 240 etapas realizada ao todo, julgando as carcaças de 160 mil animais Nelore, conforme contabilizou Locateli. Especialmente 2020, os produtores mostraram engajamento nas novas modalidades da competição que foram propostas pela ACNB – melhor lote de machos castrados e melhores lotes de animais terminados a pasto (machos e fêmeas). “Quase 10% dos animais do circuito já participaram desse primeiro ano desse campeonato de machos castrados”, anunciou Locateli.

“Nós tivemos mais de 60% dos animais oriundos de confinamento e aqui também está aberto por sexo. Nos machos castrados, predominou a maioria dos animais terminados em pasto. No macho inteiro, o inverso. 82% dos machos inteiros terminados em confinamento e as fêmeas aqui ficou quase no meio a meio, 53% das fêmeas de pasto e 46% de confinamento. Então predominou a participação de animais de confinamento, mas também com uma boa participação dos animais de pasto, que foi justamente a outra categoria, outra premiação especial criada esse ano. Lá nos machos castrados nós já tivemos cerca de 2.000 animais participantes e, nos animais de pasto, em torno de 6.000 animais de pasto participaram esse ano do circuito”, animou-se Locateli.

Mais do que quantidade, o circuito de 2020 foi marcado pela qualidade. “O circuito desse ano, especialmente com todas essas variações do gado de pasto, gado de confinamento, trouxe uma riqueza de informações muito grande para a gente. Aqui é só um exemplo que pinçamos, o mais importante. Aqui os machos abatidos esse ano – a coluna verde do ano passado e a coluna vermelha deste ano (figura acima). Você vê que no ano passado os dados já eram bons e esse ano melhoraram ainda mais. 65% dos animais sendo abatidos com menos de dois anos. E sabe qual foi a média de peso desses machos no ano? 21 arrobas de média de peso! Então é um animal sendo abatido com menos de dois anos de idade e mais pesado, com média de 21 arrobas (veja no gráfico abaixo) para os machos e média de 15@ para as fêmeas. Sem dúvida nenhuma, a raça Nelore tem que celebrar em função desse resultado”, indicou o gerente executivo da ACNB.

Estatística relevante também é que o crescimento dos animais precoces veio junto com redução da categoria mais velha, de 6 a 8 dentes. “A queda que nós temos no boi velho é o que subimos no boi jovem. A categoria 4 dentes ficou mais ou menos estável aqui. Então acho que essa é a melhor mensagem. Esse é o resultado do Nelore moderno”, opinou.

Locateli ressaltou a boa resposta da ACNB e parceiros à avaliação mista – online e presencial – necessária para dar sequência ao circuito de 2020 em meio à pandemia. “Felizmente funcionou muito bem. […] Uma avaliação mista. Nós tínhamos um avaliador da própria indústria lá, localmente, fazendo a avaliação, e o Gustavo Callejon, nosso assessor técnico, fazendo a avaliação por vídeo, à distância. Então funcionou muito bem, conseguimos avaliar com muita clareza, com muita precisão, fazendo uma avaliação justa para todos os participantes”, celebrou.

“E o que eu costumo dizer, principalmente eu e o Gustavo, que acompanhamos 100% dessas etapas, nós fizemos uma pós-graduação esse ano porque nesse ambiente virtual, a gente convidava os pecuaristas a participarem, convidamos técnicos, pesquisadores, profissionais e criadores para acompanhar conosco virtualmente esses abates, essas avaliações. E a troca de experiências foi fantástica. Nós tivemos oportunidade de conhecer o sistema de produção desses animais, trocar ideias sobre estratégias, reprodução, nutrição, manejo… Então acabou sendo muito mais rica essa interação, essa troca de informações, do que normalmente a gente faz presencialmente. […] Eu pessoalmente posso dizer que aprendi demais esse ano com essas avaliações”, salientou.

NOVA COMPETIÇÃO

Locateli anunciou ainda uma nova categoria a entrar na competição do julgamento de carcaças em 2020. “O Circuito Nelore de Qualidade é uma ferramenta. É lógico, tem a competição, todo mundo quer ganhar, todo mundo quer mostrar a sua qualidade, mas o Circuito Nelore de Qualidade é uma ferramenta, uma ferramenta de avaliação, uma ferramenta para auxiliar o produtor a direcionar o seu negócio, a sua produção. Então para o ano que vem nós já estamos inovando, já está lançado mais uma premiação especial do Circuito Nelore de Qualidade, que é a premiação para animais com pais conhecidos. Progênie de reprodutores conhecidos”, revelou.

“Qual é o objetivo disso? A gente gerar informação que possa voltar para o selecionadores e que possa voltar para o produtor para que ela possa investir naquilo que lhe dá resultado. Então vamos avaliar esses animais com pai conhecido para mostrar o resultado dessa genética e que isso sirva de direcionamento para seleção do rebanho”, acrescentou.

“Tem muito criador que tem parceiros produtores de bezerro, parceiros que já usam a genética há mais tempo. Então dá tempo de, já para o ano que vem, conversar com esses parceiros, apartar um lote, animais que já estejam nascidos, que tenham utilizado genética em anos anteriores, para apartar um lote para participar dessa iniciativa. Dá para começar a participar já de imediato. E quando a gente vê esses números, que os animais estão sendo abatidos cada vez mais jovens, então esses animais chegam lá no gancho rapidinho”, convidou Locateli.

REVELAÇÃO DOS CAMPEÕES DE 2020

E quanto aos campeões dos Circuito Nelore de Qualidade 2020? “No próximo dia 21 agora, daqui a duas semanas, nós vamos realizar o Leilão Virtual ACNB & Amigos, que é um leilão de doações que os criadores fizeram para a ACNB, com o objetivo de arrecadar fundos, fortalecer a associação justamente para que a gente possa dar continuidade a esse projeto e a outros projetos da ACNB, sempre procurando fortalecer, fomentar, divulgar o Nelore. Então como esse ano nós não vamos realizar a Nelore Fest presencial em função dos cuidados com a pandemia, nós vamos anunciar nesse evento, além de ofertar ótimas oportunidades. Nós vamos ter ofertas de sêmen, aspirações, reprodutores dos melhores criatórios do País. E vamos também estar apresentando esses resultados. Dia 21, começando às 20h30, aqui na tela do Canal Rural. Leilão ACNB & Amigos. E apresentação dos resultados dos rankings nacionais do Nelore, Nelore Mocho e do Circuito Nelore de Qualidade 2020”, finalizou.

 
voltar

1000 TOUROS Nelore Grendene. Todos os direitos reservados, 2021.

Clickweb Agência Digital